11- 45181244 - 9-40364050(Whatsapp) - 93*13565   O endereço de e-mail address está sendo protegido de spambots. Você precisa ativar o JavaScript enabled para vê-lo.

 FELIPE E FALCÃO part. BRUNO E MARRONE "Não te Perdoo" 2018 Clip Oficial

VÁRIOS

A presidente Dilma Rousseff sancionou com veto a lei que disciplina o direito de resposta ou retificação de pessoas ofendidas nos meios de comunicação social. A lei foi publicada hoje nesta quinta-feira, 12, no Diário Oficial da União.
 
direito-respostaO texto determina o direito de resposta à pessoa (física ou jurídica) ofendida por qualquer reportagem, nota ou notícia “divulgada por veículo de comunicação social, independentemente do meio ou plataforma de distribuição, publicação ou transmissão que utilize, cujo conteúdo atente, ainda que por equívoco de informação, contra a honra, intimidade, reputação, conceito, nome, marca ou imagem”.
 
Foi vetado o parágrafo que afirmava que o ofendido poderia requerer o direito de resposta ou retificação pessoalmente nos veículos de rádio e televisão. O trecho foi alvo de divergência entre a Câmara e o Senado.
 
A Lei 13.888, de 11 de novembro de 2015, afirma que a resposta poderá ser divulgada, publicada ou transmitida no mesmo espaço, dia da semana e horário em que ocorreu o agravo e deverá ser exercida no prazo de 60 dias, “contados da data de cada divulgação, publicação ou transmissão da matéria ofensiva”.
 
Por Agência Brasil 
Portal: Comunique-se 
 

Trabalhar com a produção de notícias pode ser tarefa prejudicial ao sistema nervoso, ao menos é o que sinaliza a pesquisa promovida pelo site CareerCast, cujos resultados foram divulgados nesta semana. Na lista das 10 profissões mais estressantes para quem mora nos Estados Unidos, alvo do estudo, três são ligadas ao meio da comunicação: locutor de rádio, fotojornalista e repórter de jornal.

Leia mais...